Sobre Nova Iguaçu

Cidade de Nova Iguaçu

Nova Iguaçu (o nome Iguaçu em tupi-guarani significa "grande quantidade de água" ou "água grande", numa referência ao Rio Iguaçu, o mais volumoso da região) é um município brasileiro do estado do Rio de Janeiro. Situa-se na região da Baixada Fluminense e faz parte da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Localiza-se a uma altitude de 25 metros. A população estimada para 2010 foi de 795 212 habitantes.

Nova Iguaçu

A Vila de Maxambomba recebeu oficialmente o nome de Nova Iguassú através da Lei nº 1.331, de 9 de novembro de 1916, de autoria do deputado estadual Manuel Reis. A grafia do nome da cidade só mudou para Nova Iguaçu tempos depois, após reformas ortográficas da língua portuguesa.

Após o declínio da agricultura da cana-de-açúcar, a cultura da laranja passou a ser a mais importante para o município. Vinda de São Gonçalo, a laranja encontrou solo ideal em Nova Iguaçu. Apenas para citar um exemplo, todo o bairro da Posse era, antigamente, uma grande fazenda produtora de laranjas.

Praticamente toda a produção de laranjas era exportada, trazendo para o município um grande desenvolvimento econômico. A exportação começou a ocorrer no ano de 1891, juntamente com o desmatamento (lenha e carvão, madeiras de lei).

O auge da citricultura em Nova Iguaçu foi dos anos 30 a 1956. De 1930 a 1940, a cidade de Nova Iguaçu era chamada de “Cidade Perfume”, porque as laranjeiras, em floração, perfumavam todo o roteiro das ferrovias.

A construção de casas de beneficiamento e embalagem da produção na segunda metade do século XX trouxe novo fôlego para a exportação. Porém, durante a Segunda Guerra Mundial, houve interrupção do transporte marítimo, impedindo a exportação das laranjas. Com isso, as áreas dos antigos laranjais começaram a ser loteadas e novos bairros surgiram.

A partir da “crise da laranja”, Nova Iguaçu passou a se concentrar num processo de industrialização, beneficiado pela facilidade de escoamento da produção graças, especialmente, às rodovias que cortam o município, entre elas a BR-116 (Rodovia Presidente Dutra). Além disso, nessa época era possível encontrar com facilidade amplos terrenos a preço baixo e mão de obra barata. Nova Iguaçu passou então a contar com um significativo parque industrial e uma grande atividade comercial.

Economia

Comércio e serviços
A principal fonte de arrecadação do município é sem dúvidas o comércio e os serviços, possuindo um dos centros comerciais mais importante do estado,contando com as principais lojas e serviços do país, tais como: C&A, Lojas Americanas, Ponto Frio, Casas Bahia, Ricardo Elétro, Lojas Cem, Mc Donald's, Bob's, Girafas, Extra, Atacadão, Assai, CNA, CCAA, Brasas, Fisk, YES,Cultura Inglesa, Microcamp, S.O.S. Computadores, JFW, WIZARD, Riachuelo, Leader, Di Santini,Casa Cruz,Casa & Video, Oi, Vivo, Claro, Tim, Nextel,SPOLETO, SUBWAY, Toulon, NOSSA MODA, YOGOFRESH,CACAU SHOW, Marisa, COLCHÕES ORTOBOM, Banco do Brasil, HSBC, Bradesco, Itaú, Santander,Caixa Econômica, IBI, Citibank, dentre centenas de outras lojas e serviços. Nova Iguaçu conta com grande infraestrutura comercial além do centro, nos bairros de Miguel Couto, Cabuçu, C. Soares, Austin, Posse, Cerâmica e Rancho Novo

Polo automotivo
É o maior complexo automotivo do país, são mais de 100 lojas especializadas em peças e serviços para veículos oferecendo milhares de produtos e serviços para toda a linha nacional e importada, atraindo assim pessoas de todo o estado, além de pessoas de fora do estado.

Industria
A industria na cidade tem uma grande relevância econômica. A cidade conta com industrias no ramo alimentício,siderurgia e de cosméticos.

Agricultura
O plantio de café e a agricultura em geral em Tinguá e áreas próprias na Cidade de nova Iguaçu está sendo retomado por projetos e iniciativas iguais a do líder político iguaçuano Luis Carlos Magalhães que no dia 6 de agosto de 2005 apresentou projeto para reativar a agricultura em grande escala no município de Nova Iguaçu. O projeto foi apresentado na segunda conferência das cidades. Realizado em Seropedica na UR, Universidade Rural. Dentro do projeto, além da reativação da agricultura em áreas não povoadas e abandonadas de domínio do estado e/ou particular, está a iniciativa da criação de uma nova Central de abastecimento nos moldes da CEASA, Central essa que comercializará principalmente os produtos plantados na região da Baixada Fluminense e atenderá comerciantes, feirantes e o público alvo dos produtos oferecidos.

Hoje comerciantes da Baixada Fluminense em geral vão a Ceasa localizada no município do Rio de Janeiro para efetuar suas compras, sendo que diversos produtos negociados lá, são produzidos na própria Baixada Fluminense. Este desencontro por si só já elevam os preços dos produtos se levarmos em conta somente um item. Transporte = Frete. Uma vez que o produto é levado da Baixada Fluminense para o Ceasa e o consumidor Fluminense precisa ir a Ceasa buscá-lo e voltar a sua origem.

Para homenagear a comunidade de moradores desta maravilhosa cidade, o Encontra Rio de Janeiro criou o Encontra Nova Iguaçu.

Blog do Guia da Cidade de Nova Iguaçu

Receba notícias por e-mail
Cadastre-se e receba notícias de Nova Iguaçu por email
 

Limites - Cidades Vizinhas

Duque de Caxias, Belford Roxo, Mesquita, Rio de Janeiro, Seropédica, Queimados, Japeri e Miguel Pereira

Dados Principais sobre Nova Iguaçu

Aniversário: 15 de Janeiro
Fundação : 1833
Gentílico: Iguaçuano
Area: 523,888 Km²
População 795.212 hab. (2010)
IDH 0,762 - médio
Prefeitura Nova Iguaçu

Brasão de Nova Iguaçu
Brasão de Nova Iguaçu

Bandeira de Nova Iguaçu
Bandeira de Nova Iguaçu

Vídeo sobre a cidade de Nova Iguaçu
Veja mais vídeos sobre a Cidade de Nova Iguaçu

Mapa de Nova Iguaçu

 

Moradores ilustres de Nova Iguaçu

   

  Sobre o EncontraNovaIguaçu
Fale com EncontraNovaIguaçu
Anuncie no EncontraNovaIguaçu
Cadastre sua Empresa no EncontraNovaIguaçu (grátis)


Termos EncontraNovaIguaçu | Privacidade EncontraNovaIguaçu